Translate

terça-feira, 21 de março de 2017

Pancnacity de março de 2017


Não fique bravo ou brava se você está com o nome na lista e não conseguiu se inscrever no Pancnacity. Só consegui fazer uma expedição em março para o pessoal do Lab Mani (treinees do Restaurante Mani) e estou aqui na correria nos preparativos para a viagem - vou falar de Pancs e dar oficinas na Guiana Francesa. Você pode ir acompanhando aí na barra lateral direita do blog, clicando nas fotos do intagram. Não sei se vou conseguir atualizar o blog a partir da semana que vem - volto só no dia 16 de abril.  Mas na volta, teremos mais! Bem, mas o Pancnacity já tem um ano e agora é interessante ver as mesas de colheita e observar como os produtos se repetem. É lindo de observar a sazonalidade mesmo numa cidade tão caótica como São Paulo. A natureza é imperiosa! Só como recordação, deixo então as fotos do encontro aqui registradas.
Araruta colhida na horta comunitária City Lapa 
Bolinhas de melão com folhinha de lavanda brasileira e "sementes" de cabeça de saúva 
Foto horrível, mas posso descrever: salada de mamão verde, salada verde de pancs, caxi no leite de coco, salada de feijão guandu com trigo, salada de beterraba com cottage e flores de galanga, farofa de içá, caroço de jaca com vinagrete de guasca, banana marmelo com queijo Canastra e folha de epazote, pasta de jiló sapecado com manjericão zathar, manteiga de flores, bolinhos de feijão fradinho fermentado pra comer com pasta de abacate, epazote, tomate de árvore e carambola 
Doce de tarumã, cuja receita está aqui, sobre creme de mandioca com iogurte 
Cozinheiros e futuros cozinheiros

Um comentário:

  1. Esse post é sensacional. Parabens.
    Meu blog https:lojaalemay.com

    ResponderExcluir